Início / Notícias / Em Campo Grande, Polícia interdita Clínica de Estética clandestina

Em Campo Grande, Polícia interdita Clínica de Estética clandestina

Uma clínica de estética clandestina foi alvo da ação de policiais da 35ª DP (Campo Grande), com o apoio da vigilância sanitária. Na tarde da terça-feira 9, o médico-cirurgião Willian Toussaint Bonhôte, de 80 anos, e a dona da clínica, Cássia Santos Lima, de 47, foram presos em flagrante.

Os agentes chegaram ao local através da denúncia de uma das clientes que passou por complicações depois de se submeter a um procedimento no local. A assistente financeira Ramissa Villa, de 23 anos, fez uma lipoaspiração e está há um mês internada.

Quase morri. Vários médicos em cima de mim. Um deles falou que se eu não tivesse vindo ao hospital, poderia ter tido uma infecção generalizada.

Segundo informação dos agentes, havia um salão de beleza de fachada para encobrir a realização de procedimentos estéticos como aplicação de metacril , hidrolipo e lipoaspiração.

A Agente de Vigilância Sanitária, Danielle Branco Perpétuo, afirmou que o local oferecia risco aos clientes.

Nós encontramos aqui procedimentos feitos em local insalubre, sem nenhum preparo, que poderia levar pacientes a óbito. Todos os materiais foram apreendidos, inclusive, fichas de pacientes. O local será fechado.

clinica-estetica-clandestina-campo-grande-rj-abordagem

No momento da abordagem policial, três clientes realizavam procedimentos cirúrgicos na clínica. As mulheres estavam sob o efeito de medicamentos e foram levadas pelo Corpo de Bombeiros para hospitais da região.

Durante a ação policial, foram encontradas três clientes no local, realizando procedimentos cirúrgicos, que estavam sob efeito de medicamentos e foram encaminhadas ao Hospital Rocha Faria. e a para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *